9.1.18

batatas (não) fritas com molho tahini preto

08/Jan | chips de batata doce com tahini negro

Já se sabe que as redes sociais aproximam marcas e pessoas. E há tempos, fui contactada pela Batata Doce de Odemira. A loja doSEMENTE não vende este género de coisas (pelo menos para já) mas fui, na mesma, conhecer melhor este projecto numa agradável conversa em Campo de Ourique. No fim, trouxe para provar as três variedades de batata doce: amarela clara, laranja e roxa.

Como queria experimentar o sabor das três e compará-las, decidi fazer um género de batatas fritas saudáveis. No forno, simples, sem gordura. Na realidade é um género de desidratação rápida.

08/Jan | chips de batata doce com tahini negro

Lavei muito bem as batatas.
Cortei as três no processador, com casca e tudo.
Coloquei no tabuleiro e foi ao forno durante 15min a 150ºC.

08/Jan | chips de batata doce com tahini negro


Enquanto isso, preparei um molho de sementes de sésamo pretas (que agora também vendo na loja). Também é rápido de fazer. E se tivesse um bimby ainda seria mais fácil.



Tostar 150g de sementes de sésamo preto, na frigideira em lume branco, sempre a mexer para não queimar.
Colocar no processador e triturar tudo. Mexer. Voltar a triturar. Mexer. Triturar...
Como queria uma textura mais líquida e não propriamente uma pasta espessa, adicionei uma colher de sopa de azeite.
Voltei a triturar até misturar tudo e ficar com a consistência que pretendia.

No fim, serve de acompanhamento a um prato principal e é só mergulhar as batatas no tahini.

08/Jan | chips de batata doce com tahini negro

5.1.18

vencedor do sorteio de natal 2017

03/Jan | Voltámos e voltámos já em grande. As primeiras fornadas do ano já saíram e tudo. Venham visitar-nos, das 11h às 19h, para darmos as boas vindas ao 2018 de forma muito doSEMENTE 😋

Após uns dias férias entre o Natal e passagem de ano, a loja doSEMENTE está novamente de portas abertas, de segunda a sexta, das 11h às 19h.

E para terminar os assuntos de 2017, hoje à tarde revelei, no instagram, quem foi o vencedor do sorteio de Natal que aconteceu durante a feira na Retrosaria. A todos os que nos visitaram e em especial a quem participou, um muito obrigada. Quem vai receber uma embalagem da nova granola de laranja e alfarroba é a Cristina Sobrinho. Parabéns :)


Para recordar o primeiro Natal doSEMENTE de 2012, aqui fica o registo. Foi a primeira e única vez que levei bolachas, desapareceram num instante (metade vendidas e a outra metade comemos nós, durante os primeiros dois dias de feira). Foi o Natal que conheci a Zélia Évora. E com o dinheiro que fiz nesses meses (mais um pouco do meu subsídio de férias, que na altura trabalhava no ikea) comprei o forno que ainda é usado para fazer a granola.

3.1.18

dia um de janeiro de dois mil e dezoito



Durante alguns anos, tive por hábito, no primeiro dia do ano ir ver o mar, voltar para casa e ver um filme. Este ano não fui ver o mar, aliás, nem saí de casa. Mas vi um filme, aliás, revi o filme Taxi Driver.

Na parte em que o Travis escreve no diário, ao mesmo tempo que relata, que foi uma boa opção ter pedido uma tarte de maçã no primeiro date com a Betsy, lembrei-me que tenho um tumblr que tem tido pouca actualização: a gente não quer só comida.

Na segunda, tive a preguiça característica de quem passou o dia no sofá e não registei essa parte do filme. Mas hoje adicionei duas cenas de outros filmes, uma do Donnie Brasco e outra do Le petit amour (que não vi até ao fim).

do natal

02/Jan | Este natal recebi estas prendas, que vão ficar na loja doSEMENTE


Enquanto o blog doSEMENTE* não nasce, escrevo por aqui.

Neste último natal, apenas estive numa feira na Retrosaria** e numa sessão de provas do novo sabor de granola, na Saloia. Conseguir responder às encomendas para os pontos de venda, às encomendas para ofertas e lembranças, às encomendas especiais que surgem nesta altura e às parcerias (ainda tenho que falar sobre isto), fica muito complicado ainda conseguir estar em feiras. Este ano, até ir para a Retrosaria, tratei de tudo e assim pude ir mais descansada.
Foi mesmo daí que vieram a maior parte das prendas que recebi este ano e que, desde ontem, estão cá na loja.


02/Jan | Este natal recebi estas prendas, que vão ficar na loja doSEMENTE
A lindíssima colher e pires em madeira do Ricardo da Rival (não me canso de dizer, são lindas e muito perfeitas).


02/Jan | Este natal recebi estas prendas, que vão ficar na loja doSEMENTE
O calendário Hematoma do Hugo e da Carla, que se dobra e fica preso com o lápis, uma ideia simples e bem eficaz.


02/Jan | Este natal recebi estas prendas, que vão ficar na loja doSEMENTE
Os postais do projecto, que não me canso de divulgar, Fruta Feia.


02/Jan | Este natal recebi estas prendas, que vão ficar na loja doSEMENTE
E o prato com as imperfeições mais perfeitas, que saiu das mãos da Margarida da Círculo Ceramics.



* Na realidade, existe um blog doSEMENTE mas é terrível, a edição é péssima, não consigo fazê-lo aparecer no feedly e noutros agregadores, o backoffice é pior do que mau, o facebook parece que 'bloqueia' os links dos posts, conseguindo geralmente alcances na ordem das cinco pessoas (!). Assim sendo, nem vale a pena escrever por lá.

** Durante a feira na Retrosaria, fiz um sorteio. Todos aqueles que nos visitaram e que deixaram o contacto habilitavam-se a ganhar uma granola de laranja e alfarroba. Já há vencedor e será contactado ainda esta semana. :)

27.11.17

Zé-a-dias


Saí de casa, passei em frente do Ginásio do Alto do Pina*. Fui ouvir música à Avenida. Voltei. Fui até à Alameda e a Campo de Ourique. Voltei. Fui para o Rossio, subi ao São Jorge. Subi uma colina e desci outra, para voltar a subir até ao Damas. Do Intendente ainda passei por Alvalade. Vim para casa. Liguei o computador e a roupa continuava por lavar.

(* Ginásio do Alto do Pina e a questão das rendas das colectividades, clubes e associações, que levou o Grémio a fechar há uns meses. A ler.)


do mexefest

Destroyer
Ermo
Hinds
Orelha Negra

Cigarettes after sex
Julia Holter (o melhor concerto)
Liars (concerto revelação)
Moullinex

E a certeza que não é um festival para mim.

2.11.17

aos domingos

domingos de outubro domingos de outubro

Ao domingo, abro as páginas do meu álbum de fotografias, que está cheio de registos de famosos, e acrescento mais uma. Não tarda tenho um ano, cinquenta e duas fotografias, quase sempre tiradas do contexto verdadeiro mas relacionadas, de alguma forma, com o meu.
Tem sido giro, retratar o fim de semana assim: uma imagem e uma frase.

De outubro: A um, o dia das eleições autárquicas. A oito, sessão de cinema do 'The Room'. A quinze, um calor terrível e um jantar em Alfama. E a vinte e dois, o DocLisboa com o filme muito mau da Grace Jones [como é possível?].

a natureza morta com comida de Clara Peeters


Passei os primeiros dias da semana a receber catálogos, preços e amostras (porque o dia-a-dia da doSEMENTE não é só fazer granola). Na terça fiquei até mais tarde, a preencher uma tabela simples e prática, para que pudesse passar o feriado mais tranquila e sem pesos na consciência.
Nos meus planos para hoje estava a complicada tarefa de não sair de casa e não trabalhar.
Depois de ter passado o dia a ver vídeos atrás de vídeos no youtube, assim que agarrei no computador, dei de caras com estas pinturas de comida.
A partir de uma exposição que está Gulbenkian e que nada tem a ver, fui dar à Josefa de Óbidos e logo de seguida à Clara Peeters. Link em link fui descobrindo bonitas pinturas de naturezas mortas com comida e em cenários cheios de pormenores, um autêntico food styling do séc. xvii.
Mesmo em lazer, o universo da alimentação está por cá.

Há um ano, o Museu do Prado dedicou-lhe uma exposição, El Arte de Clara Peeters e agora fico muito curiosa para ver o catálogo.