16.5.18

manteiga de sementes de girassol




Finalmente experimentei fazer manteiga de sementes de girassol.
Já me tinham dado essa sugestão pelo facebook e instagram e foi desta.

Procurei algumas receitas e em todas dizia que o truque, para ficar com melhor sabor, era tostar as sementes antes de as triturar. Como já tinha desligado o forno, foram à frigideira.

Depois, já se sabe, como nas outras manteigas vegetais, pôr no robot de cozinha e triturar tudo até começar a ficar mais cremoso. Como o meu robot não é nada de especial, demorou um pouco mais.
Há que ter atenção para raspar as laterais e empurrar as sementes para baixo, para ficarem bem trituradas.

Acrescentei duas colheres de um bom azeite e uma pitada de canela e sal marinho.
No fim, coloquei num frasco e aguenta muito tempo no frigorífico (cerca de um mês)
Simples e barato, ficou a menos de €2,00. É uma boa alternativa aos cremes vegetais, para barrar no pão.


Ingredientes


400g de sementes de girassol
2 c. sopa de azeite
extras a gosto: mel, canela, agave, sal

1. Tostar as sementes no forno ou na frigideira, até ficarem douradas, com cuidado para não queimarem.
2. Deixar arrefecer e colocar as sementes num processador de alimentos (robot, bimby, liquidificador) e, com muita calma, triturar. Empurrar as sementes que ficam nas laterais da máquina com uma colher e voltar a triturar.
3. Quando começar a ficar com uma consistência meio pastosa, adicionar as 2 c. sopa de azeite e voltar a triturar.
4. Assim que começar a ficar com a consistência típica das manteigas vegetais, adicionar os extras a gosto. Neste caso, adicionei uma pitada de sal e canela.
5. Guardar num frasco de vidro, bem limpo, no frigorífico.

Barrar no pão ou usar como molho, adicionando para tal um pouco mais de azeite.






19.4.18

salada de quinoa com batata doce e feijão preto

salada de quinoa com batata doce e feijão preto

Hoje chega a terceira receita de quinoa. Tenho gostado tanto destas experiências com a quinoa que decidi ir mais além. Tanto que hoje, a cozinha doSEMENTE está transformada num autêntico laboratório dedicado à quinoa. Vamos ver o que daqui sai.

Então esta semana temos: salada de quinoa com batata doce e feijão preto. A receita original é do blog Well Plated.
Não tem grande ciência, como o nome indica é misturar quinoa, batata doce ou outros legumes que se tenha à mão e feijão preto. Envolver tudo com um molho e servir. É mesmo aquele tipo de receita que faço mil vezes por mês, com as devidas variações. Muitas vezes, asso vários legumes durante o fim de semana ou à segunda à noite, guardo no frigorífico num recipiente fechado e vou usando durante a semana. Saladas com arroz, quinoa, cuscuz, millet, ou apenas como acompanhamento. Tenho tido grandes quantidades de batata doce e abóbora, então alterno entre os dois. Para além disso, uma ou duas vezes por semana (geralmente quando faço sopa) também costumo cozer a vapor uma série de legumes: couve flor, brócolos, couve, cenouras, nabo.

Ingredientes

3 batatas doce médias cortadas aos cubos
1 cebola cortada aos cubos
1 pimento verde sem sementes e cortado
1 c. sopa azeite
1 ou 2 malaguetas/ piripiri (usar a gosto)
1 c. chá paprika
pitada de sal
1/2 cup de quinoa
1 frasco de feijão preto 
coentros a gosto

Para o molho:
3 c. sopa azeite
raspa e sumo de 1 limão
2 c. chá de mel
1/2 dente de alho (da próxima vez, não vou colocar)

- Aqueci o forno a 200ºC e assei a batata doce, o pimento e a cebola temperados com azeite, piripiri, paprika e sal, durante 30min, virando os legumes ao fim de 15min. Como o forno que uso é super ventilado, mal chegou a 20min e já estava tudo cozinhado, nem virei sequer.

- Entretanto, cozi a quinoa com limão e água: 1 medida de quinoa para 2 medidas de água com sumo de 1/2 limão. 

- Lavei o feijão e deixei a escorre-lo.

- Num frasco pequeno, juntei 3 c. sopa de azeite, o restante sumo de limão e as raspas de limão a gosto, mel e alho. Agitei bem para ficar tudo bem envolvido.

- Num recipiente grande, misturei o feijão preto escorrido, a quinoa cozida, os legumes assados e os coentros picados. Mexi. Juntei o molho todo e misturei tudo muito bem.


salada de quinoa com batata doce e feijão preto
Lavei muito bem as batatas doce e, sem descascar, cortei aos cubos

salada de quinoa com batata doce e feijão preto   salada de quinoa com batata doce e feijão preto
Os legumes que foram a assar

salada de quinoa com batata doce e feijão preto   salada de quinoa com batata doce e feijão preto
Antes e depois

salada de quinoa com batata doce e feijão preto
O molho: azeite, sumo de limão, raspas de limão, mel e alho picado

salada de quinoa com batata doce e feijão preto   salada de quinoa com batata doce e feijão preto
Para a salada: feijão preto e quinoa cozida

salada de quinoa com batata doce e feijão preto   salada de quinoa com batata doce e feijão preto
Legumes assados e o molho

11.4.18

taça de quinoa com couve

salada quinoa-5

Para a segunda receita com quinoa, decidi fazer uma salada. Fiz a receita da Ella, a Taça de Bem-Estar Verde com algumas adaptações, tendo em conta o que trouxe das férias da Páscoa. Em vez de brócolos e couve galega usei couve-flor e couve-coração. Não tinha tahini e nem me apeteceu fazer com as sementes de sésamo. Como na doSEMENTE há sementes de girassol à farta, fiz uma pasta de girassol e misturei ao molho.

Ingredientes

60g quinoa
sumo 1/2 limão
sal
1 curgete pequena
azeite
5 floretes de couve-flor
1 mão cheia de couve-coração
1 mão cheia de espinafres

para o molho:

1 c. sopa de pasta de sementes de girassol (apenas coloquei umas quantas no robot e triturei)
1 c. sopa de azeite
1 c. chá de pasta de miso
1 dente de alho muito bem picado
1/2 c. chá pimenta preta

- Levei a quinoa a ferver em 250ml de água com o sumo de limão e sal e deixei a cozinhar tapado, até a água absorver. (Pessoalmente prefiro a quinoa menos empapada, cozo-a em menor quantidade de água mas decidi seguir a sugestão da Ella.)
- Cozi a couve-flor, depois juntei a couve coração e por fim os espinafres, tendo em conta os diferentes tempos de cozedura.
- Cortei a curgete em meias luas e salteei ligeiramente na frigideira. (Não é necessário muito tempo, senão a curgete vai ficar mole e desfazer-se, quando for de mexer a salada.)
- Para o molho, misturei todos os ingredientes e adicionei uma c. sopa de água. Mexi bem para envolver tudo.
- Depois de tudo cozinhado, misturei numa taça e cobri com o molho.


salada quinoa-1   salada quinoa-2
Cozi a couve-flor, couve coração e espinafres enquanto salteei a curgete.

salada quinoa-3   salada quinoa-4
Misturei os legumes cozidos.

salada quinoa-11
Fiz o molho com pasta de girassol, azeite, miso, alho e pimenta preta. Acrescentei uma rodela de limão e comi com pauzinhos.

9.4.18

não sei viver sem sol

Eu na praia de Puntia Umbria com muito vento (Ago 2017)
Rosana no aniversário da Sara (09 Jul 2017)
O Rui na vindima (Set 2017)

Enquanto estou aqui a preparar os posts doSEMENTE desta semana, dou por mim a ir olhar para as últimas fotografias que digitalizei, do verão passado. Decididamente preciso de mais sol.

7.4.18

pares

pares1
brincar aos pares

Ainda da casa do meu avô, no meio das laranjas, enquanto não tenho as fotografias analógicas do fim de semana passado.

6.4.18

páscoa em silves ii

Nevam laranjas 🍊
Os melhores momentos desta Páscoa
Os melhores momentos desta Páscoa
Os melhores momentos desta Páscoa
Os melhores momentos desta Páscoa
Os melhores momentos desta Páscoa

#casadoavôdiogo:
Tudo o que vejo: laranjas e couves. E algumas nozes salpicam o chão também.

É fácil perceber com que ingredientes irei cozinhar nos próximos tempos.
E ainda tenho a experiência dos picles por relatar.

4.4.18

amêndoas de granola

amêndoas-de-granola-3
amêndoas-de-granola-2

Amêndoas da Páscoa feitas com granola e tâmara e cobertas com alfarroba e coco. Este foi o miminho que ofereci a quem visitou as instalações doSEMENTE, na semana santa.

Uma vez mais, não apontei o procedimento como manda a lei, foi tudo a olhometro.

Ingredientes

Granola de mirtilos doSEMENTE
Tâmaras sem caroço
Farinha de alfarroba
Coco ralado


- Triturei, no robot de cozinha, um pouco de granola de mirtilos com tâmaras até ficar com uma textura peganhenta 
- Moldei em forma de amêndoas da Páscoa
- Cobri metade das amêndoas com farinha de alfarroba e outra metade com coco ralado. Mas também dá para usar chocolate derretido ou ao natural. 

Muito simples e rápido de se fazer e, no entanto, é um presente bem original e guloso para a Páscoa (ou outra altura do ano).

páscoa em silves i

Os melhores momentos desta Páscoa

Tal como no Natal, na Páscoa rumo ao sul, com os pensamentos focados nos folares algarvios.
Entre as visitas à família (nunca dá tempo para os amigos, nestas alturas), numa das manhãs fui passear pelos apeadeiros dos caminhos de ferro. Não é o melhor passeio para se fazer no Algarve mas foi o que calhou. Curiosamente é um assunto que já tinha fotografado, em 2012, na perspectiva de quem vai numa viagem de comboio: estações de caminhos de ferro.

Tirei a maior parte das fotografias em película porque me comprometi a fotografar um rolo inteiro, durante a Páscoa. O objectivo era apenas obrigar-me a fotografar sem pensar demasiado 'será que vale a pena gastar uma fotografia com isto?', um pensamento que tenho regularmente quando fotografo em analógico e que me inibe de disparar mais. Depois levo meses e meses com os rolos nas máquinas e quando revelo, já nem sequer fazem sentido. Correu bem até, andei mais com a máquina a tira-colo e desliguei o complicómetro. Espero ainda esta semana ter o resultado nas mãos.

Os melhores momentos desta Páscoa

Viver no limite. Não faz mal, ele ressuscita.